Programa

PROGRAMAÇÃO

I Encontro Internacional de Tecnologia, Comunicação e Ciência Cognitiva (EITCCC)

DATA: 22 e 23 de Maio de 2014

LOCAL: Universidade Metodista de São Paulo (Umesp)

22 de maio de 2014 (quinta-feira)

Manhã

9h00 – Abertura (welcome coffe)

9h30 – Conferência Principal

Cérebro humano e o entendimento universal e globalizante da comunicação
Eduardo Neiva (University of Alabama)

A palestra considera os três temas do congresso para apresentar argumentos a favor de uma mudança radical nos princípios e suposições convencionalistas que guiaram os estudos da comunicação até agora. Para que um novo caminho seja traçado é preciso que se examine filosófica e criticamente a constituição do cérebro humano, pois é nele que se encontram a condição básica para que todas as sociedades humanas existam. Se as teses convencionalistas da sociologia, da antropologia e da linguística estrutural enfatizam o que distingue e separam as formas da vida social, a consideração do cérebro leva a um entendimento universal e globalizante da comunicação que é fomentada e impulsionada pela tecnologia informacional contemporânea.

Eduardo Neiva é Professor Titular do Departamento de Estudos da Comunicação da University of Alabama at Birmingham. No Brasil, foi professor da UFF, da UERJ e da PUC-Rio. Na década de 1980 dirigiu o departamento de comunicação da PUC do Rio de Janeiro. Seus trabalhos foram escritos em português e inglês, tendo sido traduzidos para o francês, o italiano, o espanhol, o chinês e o japonês. Seus últimos livros são Mythologies of Vision, Communication Games (traduzido para as línguas portuguesas e chinesa), The Language of Life: How Communication Drives Human Evolution e o Dicionário Houaiss de Comunicação e Multimídia.

 

10h15 – Intervalo

10h30 – Painel I - Modelos Cognitivos e Filosofia da Mente

Modelos cognitivos e biológicos da audição com a AudioLazy

Danilo Bellini (Universidade de São Paulo)

Há uma coletânea de modelos para os diversos aspectos da percepção auditiva proposta por diversos autores. Sobre psicologia experimental, psicofísica ou psicoacústica, será discutido desde as curvas de Fletcher-Munson para as intensidades e o modelo helicoidal de Shepard para as alturas (frequências) até o Auditory Scene Analysis de A. Bregman para a integração e separação de fontes sonoras, este já com grande similaridade com a Gestalt. Dentre os modelos biológicos, será exposto o banco de filtros gammatone de Patterson-Holdsworth como modelo para as células ciliares da cóclea (órgãos de Corti), incluindo variações de implementação do modelo, além de uma contextualização em termos de anatomia e fisiologia. Esses modelos serão exemplificados utilizando os recursos da biblioteca AudioLazy para DSP em Python.

Danilo J. S. Bellini é, pela USP, engenheiro eletricista, bacharel em música e mestre em ciência da computação. Como desenvolvedor, colaborou em projetos open source como openModeller, py.test e simplekv, além de ter criado a biblioteca AudioLazy para DSP (Digital Signal Processing) em Python.

 

Sei que você sabe que eu sei - as outras mentes e a comunicação

Diego Franco (Universidade Metodista de São Paulo)

A palestra "Sei que você sabe que eu sei" é a exposição de um trabalho em progresso: uma reflexão sobre o problema central da pesquisa em comunicação - a própria definição do que é comunicação - a partir da filosofia da mente, em especial do problema sobre como reconhecemos e interagimos com outras mentes.

Mestre em Comunicação e graduando em Filosofia, é professor na Faculdade de Comunicação da Universidade Metodista de São Paulo. Tem como interesse de pesquisa a interface entre Comunicação e Ciências Cognitivas, especialmente no tocante às Teorias da Comunicação.

 

11h30 - Debate

12h – Término

Tarde

14h30 às 18h00 - Apresentação dos trabalhos dos Grupos Temáticos

GT: COMUNICAÇÃO, TECNOLOGIAS DIGITAIS CONECTADAS E COGNIÇÃO

LOCAL: SALA MM C-211

ED. CAPA

22 DE MAIO DE 2014

Nome

Título

Horário

Elias Goulart (USCS)

 

Educação Televisiva: possibilidades do uso do SBTVD em EAD

14h30 - 15h00

André Dias Martins

Anderson Teixeira Rolim

(Unopar)

 

Checklist de uma Abordagem Cognitiva para Avaliar a Acessibilidade das Interfaces Web para Idosos Frequentadores da UNATI/UEM

15h00 - 15h30

 

 

ANA GRACIELA MENDES FERNANDES DA FONSECA (UMESP)

A ascensão dos dispositivos móveis e seus usos no ensino-aprendizagem

15h30 - 16h00

Intervalo 16 às 16h30

Maria Eduvirges Guerreiro Leme

SONIA MARIA COSTA MENDES (Unopar)

 

A Mediação Pedagógica: Formação Docente para a Educação Inclusiva frente às Novas Tecnologias

 

16h30 - 17h00

 

Liliam Perez

Ronise Ribeiro Correa

(Secretaria Estadual de Educação do Paraná)

A Utilização da Webquest no Ensino Médio nas Disciplinas de Geografia e Biologia

17h00 - 17h30

José Messias (UFRJ)

A Materialidade e a Linguagem do Entretenimento: Capacitação Cognitiva em iniciativas Hackers Dedicadas a Games

17h30 - 18h00

 

GTS: COMUNICAÇÃO, INTERFACES DIGITAIS E SISTEMAS INTELIGENTES

E

COMUNICAÇÃO, NEUROCIÊNCIA E PROCESSOS COGNITIVOS

LOCAL:  SALA C-213

ED. CAPA

22 DE MAIO DE 2014

Nome

Título

Horário

Rafael Vergili (USP)

Ana Alice Vercesi Gallo

(Faculdade Cásper Líbero)

Big Data, esfera pública interconectada e reputação: desafios e oportunidades para profissionais de Comunicação

14h30 - 15h00

 

Cláudia Maria Arantes Assis Saar (UMESP)

Interagente: Uma reflexão sobre conteúdo colaborativo

15h00 - 15h30

 

Ronise Ribeiro Correa

(Secretaria Estadual de Educação do Paraná)

Web Survey: A Utilização de Recurso Multimídia no Ensino Médio no Ensino de Biologia

15h30 - 16h00

 

Intervalo 16 às 16h30

Gustavo Henrique Soares Denani  (USP)

Jogos digitais, algoritmos e guerra: abordando eSports

16h30 - 17h00

 

Rochele Tonello Zago Corrêa

Helen Beatriz Frota Rozados

(UFRGS)

 

Isolamento nas Redes Sociais Virtuais: breve discussão da interação de usuários no Facebook

17h00 - 17h30

 

Boanerges Balbino Lopes Filho

Flávia Cadinelli

(UFJF)

Aproximações e reflexões entre identidades, inteligências e comunicação organizacional

17h30 - 18h00

 

GT: COMUNICAÇÃO, FILOSOFIA DA TECNOLOGIA E FILOSOFIA DA MENTE

LOCAL: SALA MM C-115

ED. CAPA

22 DE MAIO DE 2014

Nome

Título

Horário

Ana Maria Guimarães Jorge

(UFU)

Informação e Percepção: Vagueza Entre Camadas Flutuantes na Ação Perceptiva1

14h30 - 15h00

Kleber Mazziero de Souza

(UMESP)

Os quipos Incas e as batidas do tambor negro no coração do Brasil – discurso, ferramentas de comunicação e tecnologia

15h00 - 15h30

 

Marilia Lyra Bergamo

(UFMG)

Agente H+: Autonomia e Agência Humana em Interação Computacional

15h30 - 16h00

Intervalo 16 às 16h30

Amanda Luiza S. Pereira

(UMESP)

Tecnologia como atributo do delineamento do domínio da Comunicação Social

16h30 - 17h00

Otávio Barduzzi Rodrigues da Costa

(IFSP)

Filosofia da tecnologia e evolução: o que causou a inteligência humana

17h00 - 17h30

Letícia Perani

(UERJ)

Sensorialidades, informação e comunicação: as teorias da percepção e da Gestalt nas obras de Marshall McLuhan e J.J. Gibson

17h30 - 18h00

 

GT: COMUNICAÇÃO, SISTEMAS COMPLEXOS E INTERDISCIPLINARIDADE

LOCAL: SALA MM C-117

ED. CAPA

22 DE MAIO DE 2014

Nome

Título

Horário

Audrey Marques Duarte

(UMESP)

Imagem e Tecnologia - A Evolução e o Impacto das Imagens Emitidas na Comunicação Social

14h30 - 15h00

Eduardo Yuji Yamamoto

(Universidade Estadual do Centro Oeste)

A ontologia originária da comunidade e sua intersecção comunicacional

15h00 - 15h30

 

Intervalo 16 às 16h30

Tiago da Mota e Silva

(PUC-SP)

Veredas cognitivas: considerações sobre o poder de expressão, comunicação e construções de significados em newsgames.

15h30 - 16h00

 

Anelisa Maradei

(UMESP)

Estudos de Comunicação Social à luz da Interdisciplinaridade

16h30 - 17h00

 

23 de maio de 2014 (sexta-feira)

Manhã

9h00 – Painel II - Engenharia, Ciências da Computação e Comunicação

A Engenharia na era da comunicação

Reinaldo da Silva (Universidade de São Paulo)

Analistas de diversos setores caracterizam o período que estamos vivendo como “a era da comunicação” onde a moeda de troca está mais baseada no conhecimento e no poder de transferência e domínio deste do que em produtos e estoques. Isto afeta todos os setores da sociedade e da economia, e em especial a Engenharia e sua capacidade de produzir novo produtos que por sua vez irão causar mudanças de hábitos e de cultura técnica. Muda inclusive a própria Engenharia que passa a se aproximar mais da Comunicação e até acenar com áreas multi-disciplinares de estudo e pesquisa.

Bacharel em Física, UFBa, mestre em Física Atômica, UFPe, mestre em “Interdisciplinary Computer Science”, Mills College, USA, Doutor em Engenharia de Computação, USP tendo como tema base Engineering Design, pós-doutorado em Systems Design e em Computer Science, ambos pela University of Waterloo, Canada. Professor Associado III, lotado no Depto. de Enga. Mecatrônica, Escola Politécnica da USP, tem interesse de pesquisa em métodos formais para o design, e verificação de projetos, análise de requisitos e sistemas de planejamento e escalonamento usando Inteligência Artificial. É membro fundador do grupo HUMANIS que estuda a simbiose homem-máquina em um escopo multi-disciplinar envolvendo Engenharia, Comunicação e Ciência Cognitiva.


Big Data em notícia

Ronaldo Prati (Universidade Federal do ABC)

Nos últimos anos temos vivenciado uma explosão de fontes de informação, muito além da capacidade humana de absorver e analisar esse gigantesco volume. Essa explosão tem incentivado o desenvolvimento de novas tecnologias que procuram “minerar” essas fontes, na busca de informações úteis, o que vem sendo recentemente chamado de “Big Data”. Uma das fontes que vem despertando o interesse de pesquisadores são o conteúdo de notícias publicados na imprensa. Esse interesse vai desde notícias atuais (usadas, por exemplo, para tentar prever aspectos do mercado financeiro) quanto arquivos antigos. Também há o interesse em analisar como essas notícias se propagam em redes sociais (Facebook, Twitter, blogs, etc). Nesta palestra são discutidas algumas dessas aplicações, bem como apresentados alguns dos conceitos da tecnologia por trás dessas aplicações.

Bacharel, Mestre e Doutor em Ciência da Computação pela USP/São Carlos. Atualmente é professor adjunto na Universidade Federal do ABC (UFABC), e coordenador do programa de pós-graduação em Ciência da Computação dessa Universidade. Suas áreas de pesquisa incluem Aprendizado de Máquina, Mineração Dados e Texto, Big Data.


10h00 – Intervalo

 

10h15 – Painel III Ciência Cognitiva, Games e Comunicação

Tecnologias cognitivas em comunicação e sistemas de informação

João Kogler (Universidade de São Paulo)

O emprego de modelos de cognição na concepção dos recursos tecnológicos que servem de substrato para os sistemas de informação e de comunicação visa dois objetivos: aumento das possibilidades de interação e/ou melhora do desempenho no uso dos recursos ou satisfação de requisitos. Serão discutidos os conceitos fundamentais de cognição e percepção e suas relações com os sistemas de informação e de comunicação, ilustrando-se com aplicações.

Engenheiro Eletricista (IMT) e Físico (USP), Mestrado em Engenharia Biomédica (Poli),  Doutorado em Inteligência Computacional, pela Universidade de São Paulo com trabalho desenvolvido no Siemens Research Lab em Princeton. Atuou nas áreas de Processamento de Imagens e Visão Computacional, Neurociência e Inteligência Computacional. Interesse atual em robótica cognitiva e sistemas auto-organizados e adaptativos. Exerceu atividades em diversos centros de pesquisas no exterior (Siemens Research em New Jersey e INRIA na França). Atuou como engenheiro de projetos, empresário, professor e cientista em diversas instituições públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, ao longo de 35 anos de profissão.

 

Processos cognitivos no campo dos jogos digitais: matando monstros e salvando princesas

Cristiano Max (Universidade Feevale)

A palestra tem como premissa apresentar o universo científico dos jogos digitais a partir de um framework de análise epistemológico (Caillois), com isso pretende-se sustentar a relação entre os estudos de função e operação do imaginário lúdico (Aumont) com o design das mecânicas de divertimento (Koster), e dessa forma mostrar pistas para estudos de processos cognitivos no campo dos jogos digitais.

Formado em Publicidade e Propaganda pela PUCRS (1999), Mestre em Comunicação Social, também pela PUCRS (2002) com a dissertação "Imagem Analógica, Digital e o Imaginário, e o Doutor em Comunicação Social, pela mesma universidade, com a tese "Apontamentos para uma aproximação entre jogos digitais e comunicação". Hoje é Coordenador dos Cursos de Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propagada, e Professor do Mestrado de Indústria Criativa da Universidade FEEVALE em Novo Hamburgo/RS. Membro do Observatório de Economia Criativa da Região Sul. Participou de grupos de desenvolvimento de políticas articuladas com o Governo Federal e BNDES sobre Jogos Digitais. Membro da Comissão Científica do Concurso Jogos Digitais da UNICEF. É sócio-diretor da desenvolvedora de jogos, Ludema Game Studio.


Interdisciplinaridade entre Tecnologia, Comunicação e Ciência Cognitiva

Walter Teixeira Lima Junior (Universidade Metodista de São Paulo)

A importância das intersecções entre os estudos e pesquisas sobre tecnologia, comunicação social e ciência cognitiva é consonante com a necessidade da ciência moderna em fornecer respostas para os fenômenos que emergem de sistemas complexos. Nesse propósito, várias conexões são estabelecidas entre campos do conhecimento humano com o objetivo de validar métodos interdisciplinares. Assim, os processos comunicacionais que se estabelecem nos meios digitais conectados necessitam ser analisados e explicitados cientificamente através das conexões entre Filosofia da tecnologia, comunicação e cognição.

Pós-doutorado no Dlab do Departamento de Mecatrônica da Escola Politécnica da USP, doutor em Ciências da Comunicação pela USP, com pós-doutorado em Tecnologia, Comunicação Digital e Ciência Cognitiva. Pioneiro em conteúdo jornalístico de Internet no Brasil, editor de Caderno de Informática e ex-assessor de Imprensa da USP. Membro da Cognitive Science Society, da Sociedade Brasileira de Ciência Cognitiva e do Humanis (Poli/USP). Pesquisador-colaborador do Centro de Matemática, Computação e Cognição da UFABC. Pesquisador PQ2 do CNPq. É docente do Programa de Pós-graduação da Universidade Metodista de São Paulo.

 

11h45 – Debate

12h30 – Término

Tarde

14h30 às 18h00 - Apresentação dos trabalhos dos Grupos Temáticos

GT: COMUNICAÇÃO, TECNOLOGIAS DIGITAIS CONECTADAS E COGNIÇÃO

LOCAL: SALA MM C-211

ED. CAPA

23 DE MAIO DE 2014

Alexandra Fante Nishiyama (UMESP)

Audrey Marques Duarte (UMESP)

NARIZES AZUIS: ESTOU CONECTADO, LOGO EXISTO

 

14h30 - 15h00

Karlan Müller MUNIZ

Fábio Pimenta PÁDUA JÚNIOR

(PUC-PR)

O Impacto da Narrativa Criada por Terceiros na Imagem da Marca: O Caso do Vídeo Sobre o Spoleto

15h00 - 15h30

 

Daniel Costa de Paiva

(UTFPR)

Aspectos Cognitivos e Redes Sociais na Divulgação de Evento Regional

15h30 - 16h00

 

Intervalo 16 às 16h30

Vera Lucia Vieira (Facasper)

Estudo de Caso da Comunicação Empresa-Consumidor nos Perfis das 10 Empresas que possuem o maior Número de Seguidores (Fãs) no Facebook.

16h30 - 17h00

Eduardo Fernando Barboza (UMESP)

Informação Sob Demanda: Novas Plataformas Para Uma Comunicação Digital Personalizada

17h00 - 17h30

Alessandra Maia
(UERJ)

Thaiane de Oliveira

(UFF)

Game Over é o Social! Games Haters Investigações Preliminares Sobre Social

17h30 – 18h00

 

GT: COMUNICAÇÃO, FILOSOFIA DA TECNOLOGIA E FILOSOFIA DA MENTE

LOCAL: SALA MM C-115

ED. CAPA

23 DE MAIO DE 2014

Otávio Barduzzi Rodrigues da Costa

(IFSP)

As Origens neuro-evolutivas da cognição humana: como ficamos de pé para o conhecimento

14h30 - 15h00

Débora Corbucci Peters

(Università per Stranieri di Perugia – Itália)

 

Interatividade e sociabilidade robótica: Reflexões sobre a origem do pensamento

15h00 - 15h30

 

Diólia de Carvalho Graziano (Senac)

Comunicação política, os processos eleitorais e o engajamento cívico e político: da mídia de massa às redes sociais

15h30 - 16h00

Intervalo 16 às 16h30

Ana Tereza Vendramini Reis

(UMESP)

Um olhar sobre a Ciência, Filosofia da Tecnologia e Educação.

16h30 - 17h00

 

José Eugenio de O. Menezes

(Facasper)

Ecologia da Comunicação: uma metáfora sistêmica para fenômenos comunicacionais

17h00 - 17h30

Mônica Panis Kaseker

(PUC/PR)

Para Recuperar a Experiência Cognitiva da Escuta na Comunicação

17h30 – 18h00

 

 

 

 

 

 

 



Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

O I Encontro Internacional de Tecnologia, Comunicação e Ciência é uma realização do Grupo de Pesquisa Tecnologia, Comunicação e Ciência Cognitiva